Foto: Reprodução

A Comissão do Meio Ambiente, Seca e Recursos Hídricos da Assembleia Legislativa da Bahia emitiu ofício à Prefeitura Municipal de Rio de Contas, informando que na próxima segunda-feira (13) acontecerá às 14h, uma fiscalização na Barragem Luiz Vieira. Além dos deputados, membros da CMASRH, também participarão da inspeção a Comissão de Infraestrutura, Desenvolvimento Econômico e Turismo e a Comissão Especial de Acompanhamento e fiscalização de Barragens. O motivo da fiscalização se deve ao último relatório emitido pela Agência Nacional das Águas (ANA), no qual a Barragem Luiz Vieira foi citada como um dos dez açudes baianos, construídos pelo DNOCS, que apresentava risco iminente de rompimento. Por meio de nota, emitida para a Prefeitura de Rio de Contas, a coordenação do Grupo Técnico de Segurança de Barragens do DNOCS, admitiu a existência de problemas estruturais na Barragem Luiz Vieira, mas assegurou que o açude não corre o risco de rompimento. Segundo a coordenação do DNOCS, o valor estimado para a recuperação da barragem é de três milhões e duzentos mil reais. No documento foi informado, também, que uma visita técnica dos consultores está sendo agendada para o mais breve possível.