Foto: Redação/BA Hoje

Um aluno que estuda no período vespertino da Escola Municipal Dona Tina, deixou um aviso no banheiro da parede da unidade de ensino, no aviso fica evidente uma suposta ameaça de massacre que aconteceria no próximo dia (15). De acordo com informações, ao saber do caso, a direção da escola comunicou a Policia Militar e registrou um Boletim de Ocorrência no intuito de averiguar as ameaças. A PM esteve no local dando segurança aos alunos e funcionários. A Secretaria de Educação de Livramento divulgou na tarde desta terça-feira (14) uma nota de esclarecimentos referente ao caso. Confira; 

‘’A SEMED vem a público esclarecer que: Há um boato sendo divulgado em redes sociais e blogs de informação do município sobre um suposto bilhete com ameaças a comunidade da E. M. Dona Tina, fato que não condiz com a verdade. Na semana passada (2ª semana de maio/2019), foram feitas pichações no banheiro masculino da escola, esse evento foi detectado pela direção que informou a SEMED, além de entrar em contato com a Polícia Militar, informando sobre o ocorrido e pedindo orientações, existe uma parceria com a PM, que passa periodicamente nas escolas municipais realizando palestras e rondas. A PM enviou policiais a escola, naqueles dias, que passou em cada sala conversando sobre segurança, vandalismo etc e aumentaram o número das visitas diárias, não só na E. M. Dona Tina mas, também, as demais escolas da cidade. Informamos que não foi registrado nenhum boletim de ocorrência, visto que com as medidas tomadas pela direção mostraram-se eficazes para a comunidade escolar. Comunicamos que todos os pais e/ou responsáveis que nos procuraram, ao tomarem conhecimento do ocorrido através seus filhos que estudam na escola, pedindo informações sobre este evento, receberam esclarecimentos sobre o acontecido e as providências que foram tomadas. Um último esclarecimento, é que no dia 15 de maio (quarta-feira) não terão aulas devido a uma paralisação nacional na educação em protesto sobre os cortes de gastos na educação pública e contra a reforma da previdência social. A SEMED e a direção da E. M. Dona Tina estão à disposição dos munícipes para mais esclarecimentos, caso necessário’’.

Livramento de N. Senhora, 14 de maio de 2019.