WebtivaHOSTING // webtiva.com . Webdesign da Bahia

:: ‘Norte da Bahia’

Norte da Bahia: batida entre carreta e caminhão deixa quatro mortos na BA-407

Fotos: Divulgação | PRF

Quatro pessoas morreram após um grave acidente entre um caminhão, carregado de coco, e uma carreta na BR-407, trecho de Capim Grosso, no Norte da Bahia, na noite de sexta-feira (14). A cabine do caminhão ficou completamente destruída. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o caso ocorreu por volta das 23 horas, no KM 207, após os motoristas de uma carreta e de um caminhão, que estão em pistas opostas, desviarem de animais que tinham se soltado de uma fazenda e invadido a pista e baterem de frente. Segundo a PRF, o motorista do caminhão, de 34 anos, duas jovens de 21 e uma criança de um ano e dois meses, que estavam no mesmo veículo, morreram. O condutor da carreta, que viajava sozinho, sobreviveu ao acidente, mas não há informações se ele teve ferimentos. Dois bovinos morreram após serem atropelados pelos veículos durante o acidente.

Fotos: Divulgação | PRF

Luís Eduardo Magalhães: Homem morre após carro em que ele estava cair em canal

Foto: Marlon/Blog Braga

Um homem, que não teve a identidade revelada, morreu na noite de domingo (5), após o carro em que ele estava cair em um canal na BR-020, na altura da cidade de Luís Eduardo Magalhães, oeste da Bahia. O carro caiu com as rodas para cima e parte do veículo ficou submersa. De acordo com a Polícia Militar, quatro pessoas estavam no veículo, quando o motorista perdeu o controle da direção ao tentar entrar em um posto de combustíveis. O carro capotou e caiu no canal. Informações preliminares apontam que o homem que morreu seguia como carona. Ainda conforme a polícia, três ocupantes do veículo foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e pelo Corpo de Bombeiros. Eles foram encaminhados para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região. O acidente foi registrado por uma guarnição da 85ª CIPM, que foi acionada por populares e encaminhada ao local do capotamento.

Policia erradica plantação com 1,5 tonelada de maconha após denúncia anônima em Abaré

Foto: Reprodução/CIPE CAATINGA

Aproximadamente 1,5 tonelada de maconha foi localizada e destruída pela Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe) Caatinga, no domingo (5). A plantação com 3.200 pés da erva foi encontrada, no município de Abaré, após denúncias anônimas. Os PMs da unidade especializada caminharam 5 km até o plantio, que ficava na localidade conhecida como Riacho do Camengó. Nas 900 covas os pés de maconha variavam entre 1,50 cm e 1,90cm de altura. A plantação foi arrancada e queimada. Cerca de 1 kg da droga já colhida também foi achada e apreendida. “Três criminosos vigiavam a plantação, mas conseguiram escapar quando perceberam a nossa chegada. Continuamos procurando estes traficantes”, informou o comandante da Cipe Caatinga, major Adriano Souza Dias. Um pé de maconha e os aproximadamente 1 kg colhido foram apresentados, na Delegacia Territorial de Abaré.

Foto: Reprodução/CIPE CAATINGA

Foto: Reprodução/CIPE CAATINGA

Bahia: Ex-prefeito de Jaguarari é condenado a 4 anos e 2 meses de prisão por desvio de R$ 100 mil


O ex-prefeito do município de Jaguarari, localizado na região norte da Bahia, Edilberto Nunes de Sá, de 71 anos, foi condenado a quatro anos e dois meses de prisão por desvio de dinheiro público. A sentença foi proferida pelo Supremo Tribunal Federal (STF), no início do mês. Em instâncias inferiores. De acordo com o G1, Edilberto também havia sido condenado pelo crime, a pedido do Ministério Público da Bahia (MP-BA), mas recorreu de todas as decisões. Dessa vez, no entanto, a decisão foi definitiva e, conforme o STF, não cabe mais recurso.
O MP aponta que o ex-prefeito desviou R$ 100 mil do município quando era prefeito, em 1996, e a denúncia foi acatada pelo Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA).
O MP denunciou o ex-prefeito pela primeira vez em 2000. Condenado, o ex-prefeito recorreu na primeira instância e perdeu. Interpôs recurso especial juto ao Superior Tribunal de Justiça e recurso extraordinário perante o Supremo Tribunal Federal, sofrendo novas derrotas.
Além da prisão dele, o STJ ainda determinou que ele tenha os direitos políticos suspensos por cinco anos e devolva a quantia desviada aos cofres públicos. Um sobinho do ex-prefeito disse que ele considera a sentença ilegal e que entrou com pedido de reconsideração da decisão no TJ-BA.



WebtivaHosting . webtiva.com.br . Webdesign da Bahia