O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso articula nos bastidores uma possível união entre o pré-candidato do PSDB à presidência da República, Geraldo Alckmin, e a ex-senadora Marina Silva, que deve entrar na disputa pela Rede Sustentabilidade.
De acordo com o Poder360, FHC acredita que a possível chapa pode ser a “chance de vitória dos setores realmente progressistas” nas eleições de outubro próximo.
A ideia é juntar Marina e Alckmin para ‘um movimento de unificação de vários candidatos’. Depois, quem tiver mais possibilidade de vencer, encabeça a chapa.
Ajudantes do ex-presidente tucano na empreitada avaliam de forma preliminar que Marina deveria ser a cabeça de chapa com o ex-governador de São Paulo como candidato a vice.
Ainda de acordo com o blog, ‘o grupo está aberto até mesmo a outros nomes que se destaquem nas pesquisas, desde que do mesmo campo ideológico’. Resumindo: nem muito próximo do PT, nem da linha de Jair Bolsonaro (PSL). Bahia.Ba

Compartilhe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.