Foto: Divulgação
Após cinco dias de devastação da mata nativa, o incêndio na Serra do Tromba, em Piatã, na Chapada Diamantina, foi finalmente controlado, informou o Corpo de Bombeiros da Bahia,  em comunicado divulgado na noite desta quinta-feira (13). “As equipes, compostas por 20 Bombeiros Militares da Bahia, e por brigadistas das cidades de Piatã e Abaíra, vão continuar monitorando de forma minuciosa, percorrendo todo o perímetro por aproximadamente 72 horas”, diz o boletim. O monitoramento é necessário porque, segundo explica o Corpo de Bombeiros, “a região é rica em nascentes e tem muita matéria orgânica no subsolo, podendo ocorrer incêndio subterrâneo”. O comunicado diz ainda que “ainda não se sabe as causas do incêndio” e não informa o tamanho da área atingida. A Secretaria de Agricultura de Piatã, sem citar números precisos, estima que centenas de hectares foram atingidos pelas chamas. A Serra do Tromba, onde ocorreu o incêndio, é onde estão as nascentes do Rio de Contas, que passa por 14 cidades da Bahia, até desaguar no mar, em Itacaré, no Sul do estado. Ela fica dentro da Área de Relevante Interesse Estadual Nascente do Rio das Contas, uma área de preservação permanente e de 4.777 hectares, entre as cidades de Piatã e Abaíra. As nascentes não foram atingidas pelas chamas. No Norte da Bahia, também está controlado, desde terça-feira, o fogo no Parque Nacional do Boqueirão da Onça, que teve uma área equivalente a mais de 3 mil campos de futebol destruído pelas chamas. No total, o parque tem 851 mil hectares. Correio 24h
Compartilhe!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.